março 02, 2009

Tipos de salto alto



Popularizados no início dos anos 60 nos pés de Audrey Hepburn no filme Sabrina, acabou associado a refinamento. Não deve passar dos cinco centímetros de altura, deve ser fino e ter o cabedal delicado.
Altura perfeita para calças de todas as alturas (inclusive as curtas e shorts), vestidos, saias curtas, Chanel e midi.

Princesa
Salto elegante e levemente mais grosso (de quatro até sete centímetros), confortável e adequado para o trabalho.
Veste bem com comprimento Chanel, midi e calças convencionais.

Estaca, Anabela ou plataforma baixa
Saltos sólidos e não muito altos e que possibilitam muito conforto.
Ideais para o trabalho, calças convencionais e vestidos ou saias mais longas.

Stiletto ou agulha
É o mais fino e sexy de todos os saltos, pode ter alturas de até nove centímetros. É mesmo prejudicial à saúde dos pés, mas está sempre na moda.
Permitido para calças longas, curtas e shorts, micros e mini comprimentos e também Chanel e midi, dia e noite.
Use em momentos em que não pretenda permanecer muito tempo em pé.
O estilista de calçados Manolo Blahnik é considerado o rei do salto estileto.

Salto alto grosso, Anabela ou plataforma alta
Estes formatos de salto criam melhor equilíbrio para o corpo e podem ser usados em festas (cobertos) ou esportivos com calças e saias midi e longa.

Sensível
O salto alto tradicional com formato robusto e altura que não ultrapassa os cinco centímetros.
Coordena bem com calças, tailleurs e saias em comprimentos tradicionais. Ideal no trabalho e passeio, pois cansa menos.

Louis XV ou carretel
Popularizados pelos monarcas da França, este salto não ultrapassa os quatro centímetros e a forma lembra um carretel.

Com altos e baixos na moda, encaixa bem com sapatos estilos masculinos ou mules.
A altura é ideal para calças, vestidos e saias longas, mini e shorts.

Fonte: O que usar/Portal Terra

2 comentários:

Débora disse...

Oi, tudo bem?

Tem um selo pra vc lá no meu Blog:
http://cantinhodeby.blogspot.com/2009/02/selos.html

Beijos.

MULHER ADORADORA disse...

Olá Debora!
Obrigada...Abraços